quarta-feira , 21 agosto 2019
news
Você está aqui: Capa » Notícias » Ex-ginastas treinam em Toledo enquanto aguardam nova temporada na Europa
Ex-ginastas treinam em Toledo enquanto aguardam nova temporada na Europa

Ex-ginastas treinam em Toledo enquanto aguardam nova temporada na Europa

monize e Mayra Gmach- foto Eliane C. Torres (7)A ex-atleta da equipe de Ginástica Rítmica de Toledo, Monize Gmach, está na cidade enquanto prepara-se para uma nova temporada de espetáculos no circo, desta vez acompanhando um cruzeiro pela Europa, juntamente com outros artistas europeus. Monize, casada com o também ex-atleta de ginástica artística Lucas Altemeyer, está de férias na cidade, e aproveita para rever os familiares, ao mesmo tempo que mantém a preparação para a próxima temporada. Juntos, os dois devem iniciar um novo roteiro de espetáculos, no segundo semestre.

Para manter a forma física, mesmo em férias, eles programaram uma rotina de treinos, com atividades na academia e também no Circo da Alegria, no Jardim Europa, que conta com estrutura adequada para acrobacias aéreas, especialidade do casal. Nesta sexta-feira, 22, aproveitando o retorno das crianças que frequentam o projeto no bairro, eles fizeram um bate papo com o grupo, mostrando um pouco do trabalho e também das técnicas que utilizam para a sua preparação e espetáculos.monize circo - foto Eliane C. Torres (4)

“É muito importante poder voltar e contar um pouco da nossa experiência, mostrar para estas crianças que existem outras possibilidades. Eu me apaixonei pelo circo”, comentou Monize, que foi para o Canadá em 2016 e formou dupla com Lucas para apresentações em lira, tecido entre outras acrobacias aéreas.  Os dois faziam parte do Circo Cavalia, que  encerrou a temporada de espetáculos no final do ano passado e pretende reabrir em dois anos, em um ponto fixo em Las Vegas. Enquanto isso, os dois buscam outras oportunidades no circo, como a viagem neste cruzeiro internacional, entre outras alternativas.

Os dois ficam por mais um mês e meio no Brasil. Na próxima semana seguem para São Paulo, onde reside a família de Lucas,  antes de voltar para a Europa. O casal viaja para a Alemanha em  meados de abril, quando será montado o espetáculo, para o início da viagem no cruzeiro, de junho a setembro. Conforme o casal, o circo atende uma das expectativas dos dois no momento que é poder viajar e conhecer outros países e culturas, “É muito bom poder continuar tendo este contato com o público e ao mesmo tempo poder ter uma renda e viajar”, destacam eles, ressaltando que o esporte de rendimento tanto para ele quanto para ela, foram fundamentais neste caminho que escolheram. Os dois são formados em Educação Física e pretendem continuar por mais um tempo no circo, aplicando os conhecimentos que tiveram no esporte de rendimento, fundamentais para a atividade que escolheram para fazer carreira.monize circo - foto Eliane C. Torres (1)

Lucas, que desde 2013 está fora do Brasil, destaca que o circo no país deveria ser mais valorizado pelas possibilidades que oferece para trabalhar diversas áreas, tanto físicas como emocionais. Através do circo, destacou ele, é possível desenvolver a capacidade de atuação, coordenação motora fina, desenvolvimento físico, entre outros aspectos, além de trazer alegria e diversão para as pessoas. Como atletas, os dois sempre se espelharam em outros ginastas de destaque e ele fica feliz de agora, atuando no circo e conhecendo experiências internacionais de grandes projetos, poder também dividir a sua experiência com outras crianças e adolescentes, para que se inspirem neles e realizem os seus sonhos.

Conforme o coordenador do Circo da Alegria, Dado Guerra, o encontro realizado na sexta-feira à tarde foi com o intuito de dividir as experiências dos dois ginastas, que tem uma trajetória de esporte de rendimento e uma vivência em circo em outros países para trazer as suas experiências, que podem servir de fonte de inspiração para os que participam do projeto. “Eles podem ver as diferentes opções que existem e almejar algo mais para as suas vidas”, disse ele. Além disso, completa Dado, também é muito importante para os gestores e permite encurtar muitos caminhos. Eles sempre trazem dicas importantes e básicas, como por exemplo em relação a montagem e utilização de aparelhos, técnicas de treinamento, entre outras questões que auxiliam nas atividades diárias de formação dos integrantes do projeto.Lucas, Paula Bpmbonatto (circo) e Monize - foto Eliane C. Torres (6)

Monize, 26 anos, fez parte da equipe de GR de Toledo por 19 anos. Ela começou aos cinco anos de idade e representou o clube em diversas competições estaduais, nacionais e internacionais, contribuindo para a conquista de diversos títulos por equipe e individuais.

O projeto de Ginástica Rítmica de Toledo, com 28 anos de atuação no município, conta com as parceiras do Sesi e prefeitura de Toledo e  o patrocínio de O Boticário, Itaipu Binacional e Sanepar, através da Lei de Incentivo ao Esporte do Ministério do Esporte/Governo Federal.  monize circo - foto Eliane C. Torres (1)

Sobre Eliane Cargnelutti Torres

Jorn. Eliane Cargnelutti Torres (DRT/PR 2537), assessora de imprensa da equipe de rendimento da Sadia/Prefeitura de Toledo/Sesi, através da empresa Palavra Comunicação e Marketing 045-9826-5052 - elianetorres2@hotmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Subir ao Topo