quarta-feira , 12 dezembro 2018
news
Você está aqui: Capa » Notícias » Técnicos avaliam atletas brasileiros em Toledo
Técnicos avaliam atletas brasileiros em Toledo

Técnicos avaliam atletas brasileiros em Toledo

Técnicos presentes ao Troféu Brasil de Ginástica e a I etapa do Circuito Caixa elogiaram o nível técnico dos atletas, mesmo sendo a primeira competição do ano e deste ciclo olímpico. Da ginástica rítmica, Cristina Vital, avaliou que as meninas estão muito bem, apresentaram séries muito bonitas e disputaram entre elas o melhor lugar no pódio. “Vimos duas ginastas de ponta, como a Angélica Kvieczynski e a Natália Gáudio, disputando ferrenhamente entre elas, cada pontinho, e outras ginastas boas e medianas. As séries estão muito bonitas, embora ainda necessitem de um apuramento na execução das coreografias mais difíceis”, avaliou. Segundo ela, a competição permitiu ver a implementação das novas regras na GR sendo aplicadas e que as tornaram mais bonitas e acessíveis ao público.

IMG_9524

 

IMG_9045

IMG_8722

 

 

 

 

 

Ela acredita que as alterações permitiram embelezar ainda mais as coreografias. “Este era exatamente o nosso objetivo, fazer com que a GR se torne mais atrativa para o público”. Segundo a técnica, as mudanças ainda não foram completas neste sentido, mas foi  dado mais um passo para aproximar a ginástica rítmica da população, que não conhece com detalhes o trabalho técnico. Mesmo com pequenas alterações, ela acredita que já é possível ver uma grande diferença, assimilada pelo público, que compareceu ao ginásio, vibrou com o desempenho das ginastas e torceu por elas, independente do clube a que pertenciam.

Cristina Vital acredita no potencial das ginastas brasileiras e na participação de atletas representando o país nas olimpíadas de 2016. Na sua avaliação, o conjunto já deu o primeiro passo conquistando medalha inédita na participação da Copa do Mundo de Minsk, na Bielorrússia, e o mesmo deverá ocorrer no individual. “Tivemos atletas de ponta aqui, que tiveram uma participação maravilhosa. Com certeza teremos representantes em 2015, disputando vagas para 2016”, completou.

IMG_7045 IMG_7317 IMG_7268

 

 

 

 

 

Na ginástica artística masculina, o técnico Wlademir Vatkin, que está no Brasil assessorando a equipe brasileira, e auxiliou em Toledo, durante o Troféu Brasil, na seleção dos atletas que irão representar o país nas primeiras competições internacionais do ano, elogiou o desempenho dos ginastas, embora ainda seja necessário aprimorar um pouco. Ele acredita que no estágio que será realizado nos próximos dias em Berlim poderá ser feito este trabalho, melhorando assim o desempenho da equipe. Para ele, sem sombra de dúvida, o atleta Arthur Zanetti deverá integrar a equipe. O medalhista olímpico não participou da avaliação em Toledo, pois recupera-se de uma lesão. Ele também escalou para a equipe os atletas Arthur Nori, Francisco Barreto, Péricles Silva, Lucas Bittencourt e Vitor Rosa, este último como reserva. A equipe deverá representar o Brasil na Universíades, ainda no primeiro semestre deste ano. Segundo o técnico, Arthur Zanetti dispensa apresentações e seu xará, Arthur Nori foi o que apresentou melhor nível técnico entre os demais participantes do Troféu em Toledo. “Eles estão preparados, mas podem render ainda mais”, complementou, ressaltando que o estágio em Berlim deverá ter uma contribuição significativa neste sentido.

Sobre Eliane Cargnelutti Torres

Jorn. Eliane Cargnelutti Torres (DRT/PR 2537), assessora de imprensa da equipe de rendimento da Sadia/Prefeitura de Toledo/Sesi, através da empresa Palavra Comunicação e Marketing 045-9826-5052 - elianetorres2@hotmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Subir ao Topo