terça-feira , 23 outubro 2018
news
Você está aqui: Capa » Notícias » Irmãs Gmach são tema de quadro de programa da Globo
Irmãs Gmach são tema de quadro de programa da Globo

Irmãs Gmach são tema de quadro de programa da Globo

producao Tamanho Familia em Toledo - foto Eliane C. Torres4A família Gmach, das irmãs atletas Monize, Morgana e Mayra Gmach, foi tema do quadro Tamanho Família, programa da Rede Globo, apresentado Márcio Garcia, deste domingo, 29. No programa, foram mostradas duas das três irmãs que iniciaram na GR em Toledo, no clube Sadia, e seguiram na modalidade, com a participação em diversas competições nacionais e internacionais. Morgana Gmach e Mayra Gmach, que integraram a seleção brasileira de conjunto, fizeram uma apresentação especial e também contaram um pouco da sua história na modalidade, ao lado dos pais, em Toledo. O programa tinha sido gravado anteriormente, quando uma equipe da rede Globo esteve em Toledo, especialmente para a produção.

As cenas mostram um pouco da cidade, a casa da família, junto com os seus pais, e o local dos treinos, no ginásio de esportes do Sesi, ao lado da técnica Anita Klemann, onde tudo começou. Das três irmãs, Monize atualmente mora no Canadá, integrando o Circo Cavalia. Morgana, que participou dos Jogos Olímpicos em 2016, e Mayra, também integrante da seleção brasileira de conjunto, atualmente treinam em Toledo. As duas atletas, cada um a seu tempo, conquistaram diversas medalhas para o Brasil, integrando a seleção brasileira de GR de conjunto. Morgana é a filha do meio das três irmãs e foi convocada para a seleção brasileira depois de cinco seletivas. Persistiu, treinou muito e representou o Brasil nas últimas Olimpíadas. Mayra tinha sido convocada antes, aos 15 anos, treinou por quatro anos consecutivos e precisou parar às vésperas de ir para o Pan de 2015, por conta de uma lesão no pé.  Atualmente as duas irmãs continuam treinando juntas na Sadia. Morgana, formada em Educação Física, divide o tempo iniciando a sua carreira como treinadora.producao Tamanho Familia em Toledo - foto Eliane C. Torres2

 

Gravação em Toledo

Conforme o diretor Leonardo Fioreto, que comandou a equipe que veio a Toledo, em fevereiro deste ano,  o envolvimento e o apoio da família e o talento e a dedicação das filhas foi o que chamou a atenção para que elas virassem matéria no quadro do programa dominical. Desde pequenas, elas tiveram os pais sempre presentes, apoiando e incentivando a prática do esporte. Nas entrevistas que foram feitas com as duas ginastas em Toledo, isso ficou muito claro. Elas relataram a história de cada uma e a importância do apoio e do envolvimento dos pais para o sucesso nas suas carreiras esportivas e também na vida.

Leonardo acredita que exemplos como estes podem servir de referência para outros país e famílias, tanto no esporte como em outras atividades. A ideia do programa é justamente mostrar estes talentos e o envolvimento e o apoio da família. “É muito bacana quando um adolescente, que está vendo o programa junto com os seus pais, percebe o resultado de alguém que acreditou no seu potencial, teve o apoio da família, lutou e conquistou o que queria. É difícil chegar a um patamar de elite no esporte. Isso requer muita prática para estar entre os melhores e ter o apoio da família é fundamental”, afirmou.producao Tamanho Familia em Toledo - foto Eliane C. Torres3

Uma equipe formada pelo diretor, Leonardo Fioreto, a produtora Yara Martinez, o câmera Rodrigo Xavier, o assistente, Rafael Spíndola e o operador de áudio, Renato de Paula, esteve em Toledo no dia 20 de fevereiro. No ginásio de esportes do Sesi, onde treina a equipe de rendimento da Sadia, a equipe colheu as primeiras informações. Depois foram feitas gravações na casa dos pais e colhidas algumas imagens da cidade. As últimas imagens foram feitas em estúdio, incluindo uma apresentação das irmãs Mayra e Morgana.

O programa foi ao ar no último domingo. Confira no link a seguir o programa deste domingo.

https://globoplay.globo.com/v/6732766/

 

Trajetória das atletasproducao Tamanho Familia em Toledo - foto Eliane C. Torres7

As três irmãs Gmach iniciaram no esporte muito cedo, sempre com o apoio da família. Monize aos cinco anos de idade e Morgana, aos três. Mesmo com a diferença de idade, as duas começaram juntas. Depois, quando completou 5 anos de idade, Mayra também ingressou. As três eram levadas de bicicleta pela mãe, Lorieli, que encontrou no esporte uma forma de deixar as filhas em um local seguro e fazendo uma atividade física, enquanto trabalhava. O pai, Sérgio Gmach, torneiro mecânico, também sempre foi um grande incentivador, seja através do apoio psicológico, como também colocando a mão na massa. Ele não se intimidou quando teve que deixar as ferramentas de lado e as mãos ásperas para fazer um trabalho bem delicado, que incluía o bordado dos collants das filhas. Com três fazendo GR e a necessidade de 4 collants por ano para cada uma das filhas, foi preciso aprender a bordar para garantir que as suas filhas tivessem uma roupa bonita e adequada, a um custo menor, para participar das competiçõesproducao Tamanho Familia em Toledo - foto Eliane C. Torres6

As três foram crescendo e se destacando no esporte. Monize conquistou diversos títulos nacionais individuais, no conjunto e por equipe, foi campeã sul-americana pan-americana interclubes , entre outros títulos. Em 2016, depois de ter concluído o curso de Educação Física, foi para o Canadá, onde iniciou carreira no Circo Cavalia, um dos mais destacados do mundo que trabalha com animais e que percorre diversos países. A sua experiência e formação na GR está possibilitando a ex-ginasta a realização de números artísticos em lira, tecido e mastro chinês.

Morgana, a filha do meio, e Mayra, a caçula, continuam na Ginástica Rítmica. Mayra foi a primeira das três irmãs a entrar na seleção brasileira de GR. Ela integrou a seleção de 2012 a 2015. Um ano antes dos Jogos Olímpicos teve uma lesão no pé e precisou ser afastada para se recuperar. Participou de importantes competições nacionais e internacionais, tanto representando o clube Sadia, como a seleção brasileira, tendo sido campeã do pré-pan, entre outras disputas, além de participação em copas e demais competições internacionais.

Com a abertura de novas vagas na seleção brasileira, Morgana participou pela quinta vez de uma seletiva à seleção brasileira e foi chamada em 2015. No ano seguinte foi confirmada na equipe que representaria o Brasil nas Olimpíadas de 2016. Com diversos títulos estaduais e nacionais, a atleta também foi campeã sul-americana e pan-americana de conjuntos, tendo representado o Brasil em diversas competições internacionais. Nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016, ficou em nono lugar, num dos melhores resultados do país na competição.

O projeto de Ginástica Rítmica de Toledo, com 28 anos de atuação no município, é patrocinado pela Sadia, conta com as parceiras do Sesi, prefeitura de Toledo e  com o co–patrocínio de O Boticário, Sanepar e Itaipu Binacional, através de recursos obtidos pela da Lei de Incentivo ao Esporte do Ministério do Esporte/Governo Federal.

Sobre Eliane Cargnelutti Torres

Jorn. Eliane Cargnelutti Torres (DRT/PR 2537), assessora de imprensa da equipe de rendimento da Sadia/Prefeitura de Toledo/Sesi, através da empresa Palavra Comunicação e Marketing 045-9826-5052 - elianetorres2@hotmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Subir ao Topo