terça-feira , 15 outubro 2019
news
Você está aqui: Capa » Notícias » Parceria ajuda consolidar projeto de ginástica rítmica
Parceria ajuda consolidar projeto de ginástica rítmica

Parceria ajuda consolidar projeto de ginástica rítmica

Tiago Menezes (38) (1) Tiago Menezes (60)

A parceria da Associação Toledana de Ginástica Rítmica com a Unimed Costa Oeste tem contribuído ao longo dos anos para o fortalecimento do projeto da Ginástica Rítmica de Toledo, que mantém uma equipe de rendimento, com cerca de 60 atletas, além do projeto social Atleta do Futuro, que atende cerca de 1.100 crianças proporcionando um primeiro contato com a modalidade esportiva,  trabalha conceitos de cidadania, responsabilidade, disciplina e autoestima. A equipe da Sadia é considerada hoje referência nacional e internacional da modalidade e o município é conhecido como celeiro da ginástica rítmica.

A Unimed Costa Oeste é parceria da Associação desde 2007, mas em 2012 passou a contribuir mais efetivamente tornando-se apoiadora oficial. A parceria garante atendimento médico, exames clínicos, fisioterapia e internamento para um total de 49 pessoas, entre atletas e dirigentes. Como parceira, a instituição também coloca à disposição toda a sua estrutura de atendimento em competições, garantindo assim atendimento imediato aos atletas em caso de eventuais acidentes. Durante a realização do Circuito Caixa e Troféu Brasil, em duas edições seguidas em 2013 e 2014, a Unimed Costa Oeste esteve presente com estrutura e profissionais de prontidão para atendimento. O evento trouxe a Toledo os maiores nomes nacionais da ginástica rítmica e artística brasileira. Além disso, como a cobertura da Unimed é nacional, mesmo estando em outras cidades e estados, as atletas tem a segurança de que estarão sendo assistidas, em caso de algum acidente.

Tiago Menezes (31)“A Unimed Costa Oeste é peça fundamental na existência do projeto de Ginástica Rítmica em Toledo. Não tem como pensar no projeto sem a participação da Unimed. Todas as ginastas, as professoras estão resguardadas no bem que é mais precioso, que é a saúde”, afirma o empresário Pedrinho Furlan, coordenador do projeto e grande incentivador da modalidade. “Se as ginastas não estiverem em perfeitas condições de saúde não poderão trazer os resultados que trazem para a modalidade, contribuindo para o desenvolvimento deste esporte no município, no Paraná e no Brasil”, acrescenta.

Tiago Menezes (21)“É uma segurança tanto para atletas como para técnicos. É muito importante poder contar com a estrutura da Unimed, sempre que for necessário”, comenta a gestora da Associação Toledana de GR, Vilma Rohde, que por mais de uma vez precisou acionar a direção da Unimed Costa Oeste para atendimento de ginastas em competições. “Sempre fomos prontamente atendidos”, cita ela, comentando sobre um episódio em que uma virose acometeu as atletas em uma competição em Curitiba, e também atendimentos por conta de lesões em competições em Fortaleza e Aracaju.  “Um simples contato com a direção local e sempre fomos prontamente atendidos . Isso nos dá uma segurança e uma tranquilidade muito grandes”.
Ela destacou também as avaliações anuais realizadas pelas ginastas habilitando-as aos treinamentos, exames necessários para seletivas nacionais, acompanhamentos de fisioterapia e mesmo tratamentos necessários em função da prática intensiva de exercícios repetitivos.

 

Box

Pais reconhecem importância de parceria

Cabelos presos em um coque é uma das marcas registradas das atletas de ginástica rítmica durante os treinos e apresentações. O penteado, que não pode contar com um fio de cabelo fora do lugar, acaba expondo as meninas e qualquer pequena imperfeição nas orelhas pode servir de motivo de chacota entre as concorrentes. Por conta disso é muito comum entre as atletas cirurgias de correção de orelha, que na rede particular seriam inviáveis para a grande maioria das atletas, boa parte vindas de famílias humildes.

O ex-presidente da Associação Toledana de GR, Vilson “Chumbinho” Silva, sentiu na pele esta dificuldade. Com duas filhas praticando o esporte, a mais nova, Rafaela Silva, fez recentemente a cirurgia de correção de orelha. “A gente se preocupa muito com elas e não quer que sofram qualquer tipo de constrangimento. Um problema simples como este pode interferir na autoestima e comprometer o desempenho da atleta”, observa ele.

“A participação da Unimed neste processo foi muito importante. Não fosse o convênio, não teria como fazer uma cirurgia como esta, tanto a minha filha como outras atletas que passaram pelo mesmo processo”, observou “Chumbinho”. “É uma forma de garantir o bem estar das nossas crianças, sem comprometer o orçamento familiar”.

Como ex-presidente, ele também destaca que a participação da Unimed Costa Oeste confere maior credibilidade ao projeto. “Uma instituição como esta, reconhecida nacional e até internacionalmente, não se somaria a um projeto que não fosse sério”, frisou.

O projeto de Ginástica Rítmica de Toledo é patrocinado pela Sadia, conta com as parceiras do Sesi, prefeitura de Toledo,  apoio da Unimed e  com o co–patrocínio de O Boticário, Sanepar e Prati-Donaduzzi, através de recursos  obtidos pela da Lei de Incentivo ao Esporte do Ministério do Esporte/Governo  Federal.

Sobre Eliane Cargnelutti Torres

Jorn. Eliane Cargnelutti Torres (DRT/PR 2537), assessora de imprensa da equipe de rendimento da Sadia/Prefeitura de Toledo/Sesi, através da empresa Palavra Comunicação e Marketing 045-9826-5052 - elianetorres2@hotmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Subir ao Topo