quinta-feira , 15 novembro 2018
news
Você está aqui: Capa » Notícias » Técnica da seleção conjunto comemora resultados de Minsk
Técnica da seleção conjunto comemora resultados de Minsk

Técnica da seleção conjunto comemora resultados de Minsk

IMG_4325 IMG_4363

IMG_4334

 

 

 

 

 

A técnica da seleção brasileira de conjunto, Camila Ferezin, avaliou na quarta-feira, 22, positivamente a participação da equipe na Copa do Mundo de Minsk, na Bielorrússia. O conjunto trouxe para o Brasil a inédita medalha de bronze no conjunto de bola e fita, o que a deixou bastante satisfeita. “A equipe começou a treinar tarde, estamos concentradas desde março. Foram dois meses de treinos muito intensos, mais de oito horas por dia,  e é muito bom chegar a este resultado, depois de muitas dificuldades”, disse ela, destacando que a conquista será muito importante para o desenvolvimento da ginástica rítmica no Brasil. Segundo ela, além do pouco tempo de treino, a equipe passou por adversidades como o internamento da capitã da equipe e uma bolha inflamada no pé de uma das ginastas, que foram superadas. “Foi um período muito tumultuado, mas que deu certo, mesmo com a estreia da equipe em uma Copa do Mundo. Foi um resultado ainda melhor do que imaginávamos”, acrescentou.

A coreografia premiada poderá ser vista em Toledo, durante o Troféu Brasil, que começou nesta quinta-feira em Toledo , com os treinos oficiais. A equipe deverá fazer apresentações especiais durante o evento, com o objetivo de dar maior experiência ao grupo. “Precisamos de experiências como estas, de contato com o público, com a ginástica, para que elas tenham condições de evoluir e eu possa avaliá-las em quadra”. Segundo a técnica, isso será muito importante para dar maior experiência às atletas, que estão ainda se adaptando à rotina de treinos e mesmo de novas experiências de vida, como a de morar longe dos pais.

A técnica observa que a equipe terá muito pela frente, nos próximos três anos e meio, até chegar ao campeonato mundial que deverá definir os participantes das Olimpíadas de 2016. Ela espera que o resultado de Minsk também contribua para que o grupo tenha um apoio mais efetivo e consiga participar de todas as copas mundiais do calendário de eventos, para chegar de igual para igual aos demais países participantes. São realizadas de cinco a seis etapas por ano e a participação é importante para dar experiência à equipe e condições de melhorar o seu desempenho.

IMG_4330

Camila Ferezin confirmou que deverá colocar a atleta Mayra Gmach, da Sadia/Prefeitura de Toledo/Sesi, que integra o conjunto brasileiro, em algum momento durante as apresentações, que serão feitas no Troféu Brasil. Ela avalia que a ginasta tem um biótipo muito bom para a GR, mas como outras atletas ainda precisa de experiência e tempo para entrar como titular da equipe. Desde o início do ano a técnica tem revezado a ginasta em vários momentos, como titular e reserva. “Todas terão oportunidades e espero que elas evoluam. É uma questão de tempo”, finalizou.

Sobre Eliane Cargnelutti Torres

Jorn. Eliane Cargnelutti Torres (DRT/PR 2537), assessora de imprensa da equipe de rendimento da Sadia/Prefeitura de Toledo/Sesi, através da empresa Palavra Comunicação e Marketing 045-9826-5052 - elianetorres2@hotmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Subir ao Topo