sexta-feira , 16 novembro 2018
news
Você está aqui: Capa » Notícias » Orientações nutricionais às atletas podem ser aproveitadas no dia-a-dia das pessoas
Orientações nutricionais às atletas podem ser aproveitadas no dia-a-dia das pessoas

Orientações nutricionais às atletas podem ser aproveitadas no dia-a-dia das pessoas

nutrionista orienta atleta -Fotos Eliane C. Torres (1)Comer bem é uma lição para a vida toda e não apenas para quem pratica um esporte de rendimento por um determinado período. Pensando nisso, a nutricionista Caroline Antoniolli Trevizan, funcionária do Sesi, que atende as atletas da equipe de rendimento da Sadia/Prefeitura de Toledo/Sesi, orienta as ginastas. A alimentação deve ser o mais saudável possível e em quantidades moderadas, o que deve ser seguido não somente pelos atletas como pelas pessoas em geral. Com as meninas ela tem uma atenção especial e orientações específicas para cada faixa etária. “A GR exige das meninas uma atenção maior ao peso, não só pela estética, mas também pelos riscos de lesões”, explica.

A profissional faz um atendimento individualizado às atletas depois de uma avaliação física e nutricional. “Com base nestas informações a gente conversa e orienta as meninas, individualmente. A orientação vai desde as pequenas, na faixa dos oito, nove anos, às maiores das categorias juvenil e adulto. Para cada faixa etária são concepções e orientações diferenciadas, considerando aspectos do seu desenvolvimento”, explica.

Para as pequenas, as informações são repassadas através de dinâmicas com jogos e historinhas. “É muito perigoso, nesta faixa etária, trabalhar com restrição severa de alimentos ou excessiva cobrança. As crianças não têm capacidade de compreender desta forma, mas é necessário que elas entendam a importância do consumo de alimentos saudáveis para ter uma vida de melhor qualidade. Todo o trabalho é feito de uma forma lúdica, sem cobrança excessiva de restrição de alimentos”, explica.

As atletas recebem orientações sobre a importância de uma alimentação balanceada, com muitas frutas e verduras. Os doces e os alimentos gordurosos devem ser deixados de lado.  Uma das orientações mais comuns e que também serve para o dia-a-dia das crianças é com relação ao lanche. A nutricionista orienta os pais a estimular o consumo de frutas e sucos como lanche, substituindo bolos, bolachas ou outros alimentos mais calóricos. “Os pais devem dar o exemplo, comendo frutas, verduras e legumes. As frutas devem estar sempre ao alcance das crianças e podem ser preparadas de várias formas: in natura, em saladas de frutas, assadas com mel e canela, picolés, ou outras formas. O ideal é de que sejam consumidas de três a quatro frutas da época, duas a três vezes por dia”.

Ela também incentiva os pais a pedir a ajuda dos pequenos no preparo do prato, assim elas sentem-se mais estimuladas a experimentar. Ela destaca ainda a necessidade de oferecer mais de uma vez a mesma fruta, em intervalos diferentes, mesmo que a criança recuse. Segundo  Caroline, a criança precisa provar em torno de oito vezes o alimento para definir o paladar. Para o lanche na escola, as frutas e sucos naturais são excelentes opções, junto com um carboidrato e uma proteína. Entre as opções estão um bolo de frutas, pão com queijo e iogurte.

“A criança não deve ser obrigada a comer, mas os pais devem oferecer sempre frutas e legumes, em diferentes opções”, alerta a nutricionista. Estes ingredientes são fundamentais na alimentação, pois as frutas e verduras concentram a maior quantidade de vitaminas e sais minerais que o corpo precisa para se desenvolver de forma saudável. Além disso, por conter mais fibras, prolongam a sensação de saciedade, o que não ocorre com alimentos mais refinados, como os doces e panificados.

A nutricionista orienta também os pais a servir porções pequenas, que não devem ser repetidas. A refeição deve ser feita em local calmo e o consumo devagar. Uma refeição deve durar no mínimo 20 minutos. Segundo ela, para os pequenos o exemplo é fundamental. Os pais devem também cumprir estas recomendações, já que as crianças espelham-se nos seus exemplos.

Para as atletas das categorias juvenil e adulto, onde o controle de peso é mais rigoroso, a nutricionista prepara um cardápio especial, conforme as necessidades e características de cada atleta. Além de evitar ganho de peso, a alimentação considera alimentos que ajudam a melhorar o desempenho e reduzir os riscos de lesões. Segundo a nutricionista, a Ginástica Rítmica é diferente de outros esportes. Ao mesmo tempo que elas queimam calorias na prática de atividades físicas, o gasto de energia é menor que outros esportes de rendimento e uma das exigências da modalidade é de que elas sejam magras.” Todo o trabalho é voltado para que elas tenham nutrientes e proteínas para manter a massa muscular e força para as atividades exigidas, sem ganhar peso“.

A partir do peso, idade e percentual de gordura é definido um cardápio balanceado, com seis a sete refeições por dia, incluindo alimentos básicos como arroz, feijão, carnes magras, verduras, saladas e frutas. Pela manhã e tarde, elas recebem um suplemento alimentar natural e antes de sair do treino uma porção de fruta. A “gororoba”, apelidada pelas meninas, é um composto de alimentos que ajudam a repor as vitaminas e sais minerais perdidas na prática de atividades físicas e substâncias antioxidantes para minimizar os riscos de lesões. Além disso, muita água para evitar a desidratação e controlar a temperatura do corpo.

Segundo a nutricionista, a dica dada para a atleta que precisa controlar o peso também serve para as pessoas no seu dia-a-dia. É importante ensinar o organismo a ficar satisfeito mesmo com uma quantidade menor de alimentos e que nada é proibido, desde que consumido com moderação.

Sobre Eliane Cargnelutti Torres

Jorn. Eliane Cargnelutti Torres (DRT/PR 2537), assessora de imprensa da equipe de rendimento da Sadia/Prefeitura de Toledo/Sesi, através da empresa Palavra Comunicação e Marketing 045-9826-5052 - elianetorres2@hotmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Subir ao Topo